Bancos não se responsabilizam por Phishing aos seus clientes

Por Jorge Sampaio quarta-feira, novembro 4



Desde de Janeiro de 2009 que os bancos portugueses deixaram de se responsabilizar pelos ataques de phishing de que os seus clientes são vítimas, ou seja, já não cobrem os desfalques.
phishing bancos
As probabilidades de encontrar o autor do ataque, são bastante reduzidas, sendo que a probabilidade das vítimas serem reembolsadas é quase nula.


As autoridades intensificaram o combate a este tipo de fraude, mas o passo mais importante tem de ser dado pelo utilizador.


Dicas para se proteger do Phishing:

1. Não abrir links ou ficheiros suspeitos;
2. Não responder aos emails de Phishing, a vontade de fazer justiça pelas próprias mãos poderá piorar a sua situação, afinal estará a confirmar ao malfeitor a validade do seu email.
3. Crie uma palavra passe "forte";
4. Não deixe que o seu browser memorize as palavras passe;
5. Não use a mesma palavra passe para todos os serviços que usufrui;
6. Sempre que fizer o download de um arquivo, faça um scan com o antivírus



Post Tags:

safepctuga
Precisa de ajuda?

Não encontrou a resposta que necessitava? Envie as suas perguntas para a nossa redação. Queremos dar resposta às vossas dúvidas, e ajudar outros usuários que enfrentam o mesmo problema. Para entrar em contacto preencha o seguinte formulário.

Seja o primeiro a comentar em " Bancos não se responsabilizam por Phishing aos seus clientes "