Como Prevenir o Ransonware usando o Windows Defender

Por Jorge Sampaio quinta-feira, outubro 26
A Microsoft continua a reforçar a sua aposta no Windows Defender, adicionando funcionalidades são uma mais-valia para o usuário. Na última atualização do Windows 10 (Fall Creators Update), foi adicionada a funcionalidade "Acesso controlado", desenhada para proteger os seus arquivos de ransonware.



Na prática, o Windows adiciona uma camada extra de segurança, impedindo que programas (não autorizados) possam alterar os arquivos de determinada pasta (documentos, vídeos, músicas). Esta funcionalidade é apenas um "complemento", não dispensando a utilização de um antivírus e a realização de backups periódicos (recomendável).

O que é ransonware?

O ransonware é um tipo de Malware capaz de encriptar os arquivos do seu computador, impedindo o acesso aos mesmos. A vítima é confrontada com um pedido de resgate (que pode chegar às centenas de euros) para libertar os arquivos, sendo que mesmo depois do pagamento, não existem garantias que os arquivos fiquem disponíveis.




Como ativar o Acesso controlado?


Comece por aceder ao menu Iniciar e selecione "Configurações". Entre no menu "Atualizar e Segurança" - "Windows Defender".

Agora, clique no botão "Abrir Centro de Segurança do Windows Defender". Em alternativa, poderá usar a pesquisa do Windows 10 para encontrar o centro de segurança do Windows Defender.



Selecione a opção "Proteção contra vírus e ameaças" e ative a funcionalidade "Acesso controlado a pastas". Agora, basta adicionar as pastas que pretende proteger, clicando no link "Pastas Protegidas".



Permitir que um programa aceda aos arquivos

O Windows Defender consegue fazer uma gestão bastante satisfatória das permissões, libertando o acesso para programas conhecidos (e seguros). No entanto, se necessita de abrir uma exceção, basta aceder novamente ao Centro de Segurança do Windows Defender e clicar na opção "Permitir que uma aplicação passe pelo Acesso controlado das pastas.

Sempre que o acesso for bloqueado a um aplicativo, o Windows exibe uma mensagem de segurança alertando para "Alterações não autorizadas", permitindo que adicione manualmente o programa à lista de exceções.



Importante: Se não consegue visualizar a funcionalidade descrita, é porque provavelmente o seu Windows ainda não se encontra atualizado com a nova versão do Windows 10.
safepctuga
Precisa de ajuda?

Não encontrou a resposta que necessitava? Envie as suas perguntas para a nossa redação. Queremos dar resposta às vossas dúvidas, e ajudar outros usuários que enfrentam o mesmo problema. Para entrar em contacto preencha o seguinte formulário.

Seja o primeiro a comentar em " Como Prevenir o Ransonware usando o Windows Defender "