Como usar o Windows Defender no Windows 10 (Aumente a Segurança)

Por Jorge Sampaio segunda-feira, julho 10
O Windows 10 possui o Windows Defender como primeira linha de defesa, possuindo proteção em tempo real e opções de remoção de Malware em offline. Esta foi a solução encontrada pela Microsoft, para garantir que todos os computadores possam ter um mínimo de proteção e evitar a propagação de Malware.

No entanto, será o Windows Defender suficiente? Será que garante os padrões de segurança necessários? Pode ser usado com outros antivírus? Conheça as respostas.



O que é o Windows Defender?

Nas versões anteriores do Windows, a Microsoft oferecia um antivírus gratuito denominado "Microsoft Security Essentials". Com a introdução do Windows 10, a Microsoft decidiu inovar a oferta e apostar num produto de segurança renovado, o Windows Defender. Dessa forma, podemos afirmar que o Windows Defender é uma "evolução" do Security Essentials.

Como ligar o Windows Defender?


A proteção em tempo real do Windows Defender só pode ser ativada caso não exista outro antivírus instalado no seu computador. Se necessário, poderá usar o AppRemover (aplicativo gratuito) para o ajudar a remover o seu antivírus atual.

Para começar a usar o Windows Defender basta aceder ao menu Iniciar - Definições - Atualizar e Segurança - Windows Defender - Ativar o Windows defender.



Posso usar o Windows Defender com outro antivírus?


Caso instale outro antivírus no seu computador, o Windows 10 desabilita automaticamente o Windows Defender. Não obstante, é possível executar verificações periódicas para garantir uma maior segurança.

Se desinstalar o outro antivírus, o Windows Defender será ativado automaticamente, evitando que o seu computador fique exposto.

Caso deseje obter uma segunda opinião de segurança, poderá usar o Malwarebytes Anti-Malware sem comprometer as analises em tempo real do Windows Defender. 

Remoção Offline de vírus

Alguns vírus e outros Malwares podem ser bastante complicados de remover. A pensar nisso, a Microsoft adicionou a opção "Windows Defender Offline" que permite executar uma verificação de Malware antes do Windows iniciar. Esta opção é particularmente útil, pois elimina o vírus antes deste ser executado com o Windows.



Adicionar arquivos e pastas à exclusão (não serem verificados)

Embora não seja recomendado, é possível adicionar arquivos, pastas ou processos à lista de exclusões do Windows defender, evitando que os mesmos sejam verificados. Para isso, basta navegar até à secção "Exclusões" e clicar no link "Adicionar uma exclusão".



Proteção baseada em Nuvem 

Para reduzir o tempo de resposta a novas ameaças, o Windows Defender pode ser configurado para enviar as informações de Malware detetado no seu computador, alertando a Microsoft de novas ameaças. 

Outra opção importante é o "Envio de amostras à Microsoft", que envia amostras dos arquivos detetados à Microsoft. Ambas as opções devem ser ativadas no seu computador. Quanto maior for a rede de partilha de dados, mais eficiente será o seu antivírus.

Pretende outro antivírus?

Caso deseje optar por uma solução mais completa e gratuita, poderá consulte a nossa lista de antivírus gratuitos.

Precisa de ajuda?

Não encontrou a resposta que necessitava? Envie as suas perguntas para a nossa redação. Queremos dar resposta às vossas dúvidas, e ajudar outros usuários que enfrentam o mesmo problema. Para entrar em contacto preencha o seguinte formulário.

Seja o primeiro a comentar em " Como usar o Windows Defender no Windows 10 (Aumente a Segurança) "