Posts Recentes

Como criar grupos no WhatsApp (até 256 pessoas)

Por Jorge Sampaio → segunda-feira, setembro 4
O WhatsApp continua a crescer, e agora permite criar grupos com um máximo de 256 pessoas, podendo partilhar fotografias, vídeos e músicas entre si. O WhatsApp permite-lhe ainda criar um link de partilha, para que possa divulgar o grupo nas redes sociais e adicionar pessoas fora do seu grupo de contactos.

WhatsApp

Como criar um grupo no WhatsApp 


Na tela inicial do WhatsApp, clique no canto superior direito, no menu “três pontos” e selecione a opção “Novo grupo”. Em seguida, escolha os contactos que deseja adicionar ao grupo e carregue na seta verde.

novo grupo do whatsapp


Na janela seguinte, dê um nome ao grupo e escolha uma imagem para aparecer no ícone (opcional). Volte a pressionar no ícone verde para confirmar. O seu grupo foi criado.

Adicionar mais pessoas

Você pretende divulgar o seu grupo para outros amigos? Pode criar um link e divulga-lo. Abra o seu grupo, no canto superior direito carregue no botão e selecione "Detalhes do grupo". Clique na opção para " adicionar participante” e em seguida “Obter ligação de convite”.

partilhar grupo do WhatsApp


Irá surgir o link do seu grupo, seleccione copiar ligação. Agora, basta colar esse link onde desejar (por exemplo, no Facebook) e todos os amigos que pretendam aderir, ganham acesso ao grupo automaticamente.

Adicionar um administrador

Para o ajudar a gerir o grupo, poderá adicionar outros administradores. Para isso, basta aceder à conversação do grupo e clicar no botão de opções . Na lista de participantes, toque no nome da pessoa que pretende "promover", e selecione "Tornar Administrador".

Adicionar administrador no grupo do WhatsApp



Posso excluir um grupo no WhatsApp?

Sim. Para excluir um grupo basta clicar no botão de opções e selecionar a opção "Detalhes do grupo". Para terminar, basta tocar em "Sair do grupo" e excluir a conversa.

Os outros elementos, podem continuar a conversa normalmente. Se desejar excluir permanentemente, poderá optar por excluir todos os participantes, um a um e só depois sair do grupo.

Comece a Vender Produtos no Facebook (Marketplace)

Por Jorge Sampaio → quarta-feira, agosto 30
Agora já é possível vender produtos no Facebook usando a funcionalidade "Marketplace". Este serviço foi lançado em 2016, mas só recentemente chegou à Europa. O funcionamento do serviço é bastante simples, fazendo lembrar outros sites como o OLX ou o Custo Justo.

Os produtos publicados ficam visíveis para todos os usuários do Facebook, podendo usar os mais diversos filtros (incluindo de distância) para o ajudar a encontrar os produtos desejados e filtrar as propostas "irrealistas" de alguns usuários (visto que os anúncios não são submetidos a uma avaliação prévia).

A forma de pagamento do produto tem de ser combinada com o anunciante, visto que o Facebook não disponibiliza uma ferramenta de pagamento. No entanto, lembramos que o Facebook Messenger permite enviar dinheiro através do aplicativo (ainda indisponível em alguns países).

facebook marketplace


Como vender um produto no Facebook


No computador, comece por clicar no botão "Marketplace" que surge no menu à sua esquerda no Facebook. Em alternativa, poderá aceder ao seguinte link: Facebook Market. No Smartphone, toque no botão em forma de "loja" que encontra no menu principal.

vender produtos no android


Em seguida, clique no botão "Vender um item" e preencha as informações básicas do seu produto. No seu Smartphone, basta tocar na indicação "O que estás a vender" para abrir a galeria de imagens do seu dispositivo.

Deverá incluir várias fotografias para complementar o seu anúncio. Se necessário, poderá pressionar o botão "pincel" para editar as suas fotografias (adicionar efeitos, cortar partes indesejadas, adicionar figuras etc.).

editar fotos do produto do marketplace


Quando terminar, clique no botão "Publicar".



Para gerir o seu produto, basta aceder ao menu "Venda" do Market Place. Você poderá marcar o produto como vendido, excluir ou editar os detalhes do produto.

item vendido no facebook marketplace


Partilhar com os amigos

Por padrão, o Facebook não publica o produto na sua "Timeline". No entanto, para aumentar a probabilidade de venda, poderá partilhar o link do item. Para isso, basta abrir a publicação do Marketplace e clicar no link "Partilhar".

Conheça as melhores Alternativas ao Windows Live Mail (Top 3)

Por Jorge Sampaio → sexta-feira, agosto 25
A Microsoft decidiu terminar o suporte do Windows Live Mail, deixando de fornecer atualizações de segurança e novas funcionalidades. Na prática, ainda será possível usar o programa para gerir os seus emails, no entanto, sem atualizações, o utilizador fica "exposto" às falhas de segurança.


O programa também já não está disponível para download através do site da Microsoft. Existem cópias do programa espalhadas pela Internet, no entanto, não é recomendado a instalação de software de fontes desconhecidas ou que você não confia.

Alternativas ao Windows Live Mail

Alternativas ao Windows Live Mail


Sendo realistas, é provável que a maioria dos utilizadores prefira a versão Web dos serviços de email, como o Gmail ou o Outlook.com. Estes serviços são atualizados regularmente, oferecendo todas as funcionalidades essenciais num ambiente seguro e protegido do SPAM.

No entanto, se preferir um programa específico para receber emails diretamente no computador, evitando abrir o navegador, confira as seguintes alternativas.

Windows Mail

O Windows 8 e 10 possuem um programa nativo de leitura de email, neste caso, o Windows Mail. Na verdade, este programa pode ser considerado o "substituto" natural do Windows Live Mail.

windows mail correio


Na prática, basta procurar o aplicativo "Mail" usando a barra de pesquisa do Windows. Você poderá adicionar várias contas de email em simultâneo (incluindo Gmail, Yahoo, etc.).  O Windows Mail possui ainda um calendário, que permite criar lembretes, funcionando como uma verdadeira agenda.

Mozilla ThunderBird

O ThunderBird é um excelente "cliente de email" desenvolvido pela equipa da Mozilla (do navegador Firefox). O programa é bastante completo, permitindo adicionar funcionalidades "extra" através dos diversos add-ons fornecidos.

O ThunderBird tem reforçado a sua aposta na segurança, desenvolvendo vários filtros Anti-Phishing e SPAM, evitando as ligações maliciosas.

windows mail


Mailbird

O Mailbird é um cliente de email bastante leve e eficiente, capaz de sincronizar várias contas de email em simultâneo. O Mailbird permite-lhe ainda conectar outras contas (Facebook, WhatsApp, etc.), e falar com os seus amigos através do programa.

mailbird


Para melhorar a sua produtividade, poderá ainda adicionar outras "Apps" ao Mailbird. Para isso, basta clicar no botão de Opções (3 pontos) e selecionar qual o aplicativo ou serviço que pretende adicionar.


Sugestão "Extra": emClient 

Como Jogar os Jogos do Facebook no PC (Facebook GameRoom)

Por Jorge Sampaio → quinta-feira, agosto 24
O Facebook lançou uma nova plataforma de jogos para Windows, que permite baixar e instalar jogos diretamente no seu computador. O Facebook GameRoom, possui centenas de jogos à sua disposição, sendo que, muitos dos quais você provavelmente já estará a jogar no seu navegador, Smartphone ou Tablet.

O facto de permitir baixar os jogos, poderá ajudar a que o jogo seja executado de forma mais rápida e fluida. Para jogar, será necessário fazer o login na sua conta Facebook, o que permite carregar os jogos no mesmo nível (progresso) em que se encontrava.



Esta plataforma, pode ser uma boa alternativa à do Loja Windows, que também permite a instalação de jogos gratuitos no seu computador. Relembramos que o Facebook lançou recente os Jogos para Facebook Messenger que permitem desafiar os seus amigos diretamente.



Começar a jogar


Comece por baixar o Facebook GameRoom e proceda à respetiva instalação. Em seguida, faça o login com a sua conta Facebook. No menu à sua esquerda, encontrará um menu intuitivo, que o ajudará a encontrar o jogo pretendido.

Ao clicar no separador "Categorias", poderá encontrar os jogos organizados pelos mais diversos estilos, incluindo jogos RPG, jogos de estratégia, jogos de póquer e tabuleiro, etc. Após encontrar o seu jogo favorito, basta pressionar no botão "Jogar Agora".



Stream de jogos (jogos ao vivo)

O Facebook GameRoom permite ainda visualizar várias transmissões de jogos ao vivo. Essas transmissões são feitas através da funcionalidade "Facebook Live", no entanto, muitos dos jogos que encontramos não pertenciam à plataforma GameRoom, nomeadamente o Legue of Legends, Counter Strike, World of Warcraft, FIFA, etc.



Vantagens:


  • Permite jogar sem as "distrações" do Facebook;
  • Permite retomar os jogos no mesmo nível (progresso) que já se encontrava;
  • Os jogos são executados de forma mais fluida;
  • Permite ver jogos ao vivo;
  • Inclui bate-papo.


Desvantagens:


  • Não permite jogar em Offline.


Qual é a sua opinião?

O Facebook continua a reforçar a sua posição no mercado dos jogos online.d Mas será o "GameRoom" uma boa aposta? Não se esqueça de enviar a sua opinião, e partilhar esta página com os seus amigos.

O YouTube não Reproduz Som - Como Resolver?

Por Jorge Sampaio →
O YouTube continua a ser a maior plataforma de partilha de vídeos da Internet, reproduzindo mais de um bilhão de horas de vídeos por dia. Não obstante, o serviço não está imune a erros, sendo um dos mais comuns a ausência de som quando o vídeo é reproduzido. Por vezes, este erro acontece de forma isolada, bastando um simples "recarregar" da página (pressionando a tecla F5) para resolver o problema.

Caso o erro persista, significa que estamos perante um problema na configuração do seu dispositivo. Este problema pode surgir tanto no YouTube do computador, como na versão mobile (Android). Para resolver, experimente os seguintes procedimentos descritos.

YouTube


Verificar o volume do navegador

Em primeiro lugar, comece por verificar o volume do seu navegador, no misturador de Volume do Windows. Para isso, comece por pressionar com o botão direito do rato no ícone de volume do Windows e selecione "Abrir o Misturador de Volume".

Agora, verifique se o volume do seu navegador se encontra num valor adequado às suas necessidades. No caso do Google Chrome, poderá ser necessário reproduzir o vídeo do YouTube para que a opção apareça.

volume do navegador


Reativar som do separador

Os navegadores possuem uma opção bastante útil, que permite desativar o som de um determinado separador. Quando essa opção está ativa, surge um pequeno ícone de "mute" () no canto direito do separador.

Se for o caso, basta pressionar com o botão direito do rato (mouse) no separador desejado e selecionar a opção "Reativar som do separador".

reativar som do separador do navegador chrome


Dispositivo de reprodução

Verifique se o dispositivo de reprodução de áudio definido é o correto, neste caso, volte a clicar com o botão direito do rato no ícone de volume do Windows e selecione "Dispositivos de reprodução". Selecione os "Altifalantes" e clique no botão "Predefinir".

Experimentar outros navegadores

Experimente visualizar o vídeo em outros navegadores. Caso o som seja reproduzido sem problema, poderá indicar um problema com o seu navegador. A solução passa por baixar novamente o navegador e proceder à respetiva reinstalação.

Atualizar a versão Flash



Outra solução consiste na atualização do plugin Flash. As atualizações incluem correções para problemas conhecidos. Na prática, basta aceder ao site da Adobe e proceder ao respetivo download do Flash.

Repare que durante a instalação é sugerida a instalação de outro programa, a qual poderá recusar removendo a caixa de verificação. Para terminar, clique no botão "Instalar Agora".

baixar adobe flash


Limpar histórico e cache do navegador

Por vezes, a cache do navegador pode provocar erros na reprodução de conteúdo na Web. Para resolver, basta excluir os arquivos cache. Dessa forma, o seu navegador irá recarregar todos os arquivos da página do YouTube novamente, ajudando a resolver o problema.

Para isso, basta pressionar as teclas de atalho CTRL+SHIFT+DELETE com a janela do navegador ativa. Para terminar, basta confirmar a exclusão dos arquivos cache.

limpar histórico e cache do navegador


Resolver problemas de som (Ferramenta do Windows)

Se os procedimentos anteriores não ajudaram, poderá usar a ferramenta de reparação do próprio Windows. Para isso, comece por pressionar as teclas de atalho Windows () + R na janela executar digite:

control.exe /name Microsoft.Troubleshooting


Na janela que surge selecione a opção "Reprodução de Áudio" e clique no botão "Executar a resolução de problemas".

problemas de som do windows


Aguarde enquanto o Windows verifica o seu computador em busca de possíveis problemas / soluções. No final, basta aplicar as alterações sugeridas pelo Windows. Possui mais soluções / dúvidas? Envie o seu comentário ou entre em contato com a nossa equipa.

Será o Windows Defender suficiente? Ou devo optar por antivírus diferente?

Por Jorge Sampaio → segunda-feira, agosto 21
No Windows 10, a Microsoft decidiu tornar o Windows Defender o seu antivírus "nativo", garantindo dessa forma, que todos os computadores pudessem ter um programa de proteção instalado, e diminuir a propagação de Malware.

No entanto, muitos usuários continuam a duvidar das capacidades deste antivírus, dúvidas acentuadas com algumas declarações de CEO de grandes empresas de segurança, por exemplo Eugene Kaspersky (do antivírus Kaspersky).

windows defender


Será o Windows Defender suficiente? Ou devo optar por antivírus diferente? Se olharmos de forma pragmática para os resultados do site AV-Test (especialista em testes de programas de segurança), podemos concluir que o Windows Defender apresenta uma boa qualidade, conseguindo superar vários antivírus menos conhecidos no mercado.

Taxa de deteção


Quanto às taxas de deteção, são ligeiramente inferiores aos padrões de mercado, no entanto, as diferenças quase "residuais". O Windows Defender apresenta no entanto alguns "falsos" positivos, atribuindo o rótulo de Malware a programas perfeitamente seguros. 



Performance


A nível de performance o Windows Defender é um antivírus extremamente "leve". No entanto, não possui muitas das funcionalidades de proteção de outros antivírus mais "completos" (e igualmente gratuitos), como tal, seria injusto dizer que o Windows Defender é melhor.

Conclusão

Na nossa opinião, o Windows Defender é um antivírus que cumpre a sua função, e integra-lo de forma nativa foi uma jogada por parte da Microsoft. No entanto, existem várias alternativas capazes de reforçar a segurança do computador (por exemplo, o Kaspersky Free). 

Não obstante, o Windows Defender pode ser usado como "segunda linha de segurança", permitindo verificar arquivos e programas mesmo com um antivírus diferente instalado.

windows defender segundo antivirus


Qual é a sua opinião?

No fundo, a sua opinião é a mais importante. Partilhe o seu ponto de vista enviando um comentário. Não se esqueça de partilhar este link com os seus amigos, para eles se juntarem a discussão.

O que é o processo "wsappx" do Windows? Porque consome tantos recursos?

Por Jorge Sampaio →
O processo wsappx é um processo nativo do Windows 8 e 10, estando associado à loja de aplicativos (Windows Store). Ao abrir o gestor de tarefas, é comum encontrar este processo a ser executado, podendo consumir bastantes recursos de disco e CPU.

Mas o que faz o processo wsappx? Porque razão consome tantos recursos? O wsappx inclui dois serviços distintos, o Client License Service (ClipSVC) e o AppX Deployment Service (AppXSVC).

wsappx

O que é o processo wsappx do Windows?


Explicando de uma forma concreta, este processo surge quando o seu Windows está a instalar, atualizar ou até remover aplicativos através da loja do Windows.

Mesmo que você não use a loja do Windows para baixar jogos ou aplicativos, é normal que este processo seja executado, visto que o Windows atualiza automaticamente os aplicativos (neste caso, os aplicativos nativos).

Posso parar este serviço?


Estes processos são essenciais para o funcionamento da loja do Windows, e como tal, não pode ser desativado. Na prática, o processo wsappx não é executado de forma contínua, mas apenas quando "solicitado", ou seja, quando a Loja do Windows terminar de instalar ou atualizar aplicativos, o processo irá desaparecer.

Como impedir a atualização automática de Apps?


Para evitar que o processo wsappx seja executado em momentos menos oportunos, poderá desativar a atualização automática de aplicativos do Windows 10. Para isso, comece por aceder à loja de aplicativos do Windows e clique na sua fotografia de perfil.

No menu que surge selecione as "Definições". Para terminar, desative a atualização automática de aplicativos do Windows.

atualizações automáticas no windows store