Posts Recentes

Como escolher um gabinete (caixa) para o PC

Por Jorge Sampaio → quarta-feira, dezembro 13
Atualmente existe uma enorme variedade de gabinetes (caixas) para PC, capazes de satisfazer o entusiasta mais exigente. A tentação é comprar o gabinete mais extravagante e visualmente atrativo. No entanto, existem diversos factores que deve equacionar antes de escolher o produto final.



Escolher o tamanho

O primeiro fator que deve equacionar é o tamanho. O seu gabinete deverá suportar o tamanho da Motherboard, que pode ser ATX (mais comum), Micro ATX e mini ITX.

É igualmente importante verificar se a caixa possui espaço de montagem suficiente para o dissipador e placa gráfica, caso contrário, não conseguirá fechar a porta lateral do gabinete.



As caixas maiores normalmente facilitam a montagem, e possuem espaço para adicionar componentes extra (dispositivos de armazenamento, slots de expansão, placas gráficas maiores, mais ventoinhas, radiadores, etc).



Funcionalidades

Após escolher o tamanho adequado, é importante olhar para as características e funcionalidades oferecidas pelo gabinete. Nesse caso, valorize um gabinete que lhe ofereça um painel que promova a conectividade, disponibilizando entradas USB de elevado desempenho (3.0).

Verifique igualmente se o gabinete possui filtro contra o pó. Tal como o próprio nome indica, este tipo de filtros consegue evitar que o pó se acumule nos componentes do computador e gere calor (e desgaste) adicional. O calor é uma das principais causas das avarias dos componentes do PC.



Modular

Um bom gabinete deve ser modular, ou seja, deve permitir reajustar os seus componentes de forma a satisfazer as necessidades do utilizador. Por exemplo, alguns gabinetes permitem remover os suportes de disco (HD), possibilitando a instalação de placas gráficas mais longas.



Suporte para arrefecimento a água

Se optar por um arrefecimento a água, é importante verificar se o gabinete lhe garante espaço e suporte para a bomba e o radiador.

Organização dos Fios

Para manter a coerência e organização, é importante que o gabinete permita organizar os fios dos componentes. Dessa forma, conseguirá uma instalação com um aspeto mais "limpo", e irá facilitar a sua tarefa nas futuras manutenções.

Qualidade do material

Por fim, tenha em atenção à qualidade dos materiais usados no gabinete. Os gabinetes de baixa qualidade, podem apresentar arestas cortantes e o material dobra mais facilmente. Um bom gabinete deve ser robusto e de preferência, construído com materiais que reduzam a emissão de ruído.

Como usar a Cortana para Desligar o PC (ou reiniciar)

Por Jorge Sampaio → segunda-feira, dezembro 11
A Microsoft tem adicionado progressivamente novas funcionalidades à Assistente Pessoal Cortana, sendo possível enviar emails, criar lembretes, reconhecer músicas, etc. No entanto, tarda em adicionar funcionalidades básicas como desligar ou reiniciar o computador.

Não obstante, essa limitação pode ser contornada facilmente, fazendo a Cortana executar um “atalho” especial criado por si que inicia o encerramento do computador.

Como usar a Cortana para Desligar o PC


Como usar a Cortana para Desligar o PC (ou reiniciar)





1. Comece por pressionar as teclas de atalho Windows+R para iniciar a caixa de execução. Digite "%appdata%" (sem aspas) e pressione a tecla [Enter]. Agora aceda ao seguinte diretório:

Microsoft\Windows\MenuIniciar\Programas


criar atalho


2. Na janela á sua direita, clique com o botão direito do rato e seleccione "Novo” - Atalho. Na localização do item digite os seguintes códigos consoante a tarefa pretendida e pressione “seguinte”.

Para desligar, digite: shutdown.exe -s -t 00

Para reiniciar, digite: shutdown.exe -r -t 00



3. Em seguida, digite o nome do atalho, lembrando que será esse nome o comando de voz necessário para iniciar a tarefa. Escolha por exemplo: ”Desligar o PC” e clique em terminar.

Se tudo correr bem, surgirá um novo programa na lista do menu iniciar, precisamente com o nome que você atribuiu, neste caso "Desligar PC".



Se já possui a Cortana ativa, basta dizer “Hey Cortana” - ”Executar Desligar o PC”. O seu computador irá desligar, sem necessitar de qualquer intervenção extra.

S.M.A.R.T Status Bad - Backup and Replace | Como resolver?

Por Jorge Sampaio → segunda-feira, dezembro 4
Sempre que tenta iniciar o computador é confrontado com a mensagem "S.M.A.R.T Status Bad, Backup and Replace. Press F1 to resume..."? Saiba o que significa esta mensagem, e como resolver o problema.

S.M.A.R.T Status Bad - Backup and Replace

O que é o S.M.A.R.T?


O acrónimo S.M.A.R.T significa Self-Monitoring, Analysis, and Reporting Technology . Ou seja, é uma ferramenta que permite monitorizar a "saúde" do seu disco rígido, permitindo compreender se existe o risco do mesmo avariar.

A tecnologia S.M.A.R.T consegue monitorizar mais de 80 parâmetros do seu disco, analisando os comportamentos "suspeitos" que o disco possa apresentar. Esses parâmetros incluem a temperatura, a velocidade de rotação, os ciclos de escrita, níveis de vibração, sectores corrompidos, etc.



Quando surge a mensagem de "Status Bad", significa que existe um risco iminente do seu disco avariar, e que deve ser feito o backup dos arquivos. O Windows permite-lhe visualizar os resultados do "S.M.A.R.T" através da linha de comandos.

Para isso, basta clicar com o botão direito no ícone do menu Iniciar e selecionar a opção "Linha de Comandos (Admin)". Digite o seguinte comando:

wmic diskdrive get status


Quando o disco funciona corretamente, irá obter a mensagem "OK".




Desligar o SMART na Motherboard


Muitos tutoriais na Internet sugerem que a solução passa por desativar a funcionalidade "S.M.A.R.T" na Motherboard. No entanto, essa ideia é errada. Você apenas estará a impedir que o computador o avise que está prestes a perder os seus valiosos arquivos.

Ao continuar a usar o disco, a situação irá se agravar, e os sintomas começam a ser mais evidentes, como a lentidão extrema do PC, impedindo o usuário de efetuar qualquer tarefa.



Porque razão só o disco rígido usa esta tecnologia?

O que o leitor provavelmente se estará a perguntar, é por que razão outros componentes, como a placa gráfica, a memória RAM ou até mesmo a motherboard não possuem uma tecnologia semelhante.

A resposta é simples, se um dos desses componentes avariar (por exemplo, a placa gráfica), pode ser facilmente substituída. Mas se um disco rígido falhar, leva à perda parcial / total dos dados. Se não possui um backup dos seus arquivos, todas as suas fotos de família, documentos e vídeos podem se perder para sempre.



Qual é a verdadeira solução?

A verdadeira solução passa pela substituição do disco rígido, aproveitando o facto de ele ainda trabalhar para criar um backup dos arquivos mais importantes, ou criar uma cópia total do seu computador (Windows + arquivos) para um novo disco.

Mas seja rápido...o disco poderá estar nos seus minutos finais de vida.

Como Fazer Setas no Gimp (Personalizadas) - Tutorial

Por Jorge Sampaio → quarta-feira, novembro 29
No nosso dia-a-dia, é habitual editar capturas de tela e incluir setas que ajudam a compreender o conteúdo dos nossos tutorias. No entanto, desenhar as setas manualmente pode ser bastante demorado, e o resultado final normalmente é pouco satisfatório.

No Gimp, existe uma ferramenta muito interessante que permite desenhar as setas de uma forma simples e intuitiva, podendo personalizar o tamanho, a orientação e respectiva cor.



Como fazer setas no Gimp


O Gimp pode ser "artilhado" com vários "complementos" (scripts, pincéis, etc.), que permitem aumentar as suas funcionalidades. Para fazer as setas no Gimp, será necessário adicionar um script do diretório de plugins do Gimp. Baixe o arquivo "arrow.scm" contido da página.

Guarde esse arquivo no diretório plugins do Gimp, que poderá encontrar se aceder à sua pasta de documentos do Windows (que possui o nome do usuário). Nesse diretório encontrará a pasta "gimp-2.6/scripts”. Se tudo correr bem, na próxima vez que iniciar o Gimp, surgirá uma nova opção (seta) no menu "Ferramentas".



Fazer uma seta no Gimp

Selecione a ferramenta Caminhos e posicione dois pontos na sua imagem. Por padrão, o primeiro ponto será a ponta mais larga da seta.


De seguida, aceda ao menu "Ferramentas" e selecione a opção "Seta". Surgirá um novo menu com as opções para criar a sua seta.




A cor da seta, será a mesma que se encontrar selecionada em 1º plano, e a grossura igual à do pincel selecionado. Ao clicar "OK" o Gimp irá gerar automaticamente a seta.


Você poderá personalizar o aspecto da sua seta alterando o angulo (angle), o tamanho das abas (length of wings), a percentagem de "entalhamento" (notch), ou usar uma seta com duas pontas (double head). Caso tenha dúvidas, envie o seu comentário.




Como desligar o PC sem instalar as Atualizações do Windows

Por Jorge Sampaio → sexta-feira, novembro 24
Você está a trabalhar no computador e repara que está na hora de sair. Ordena o encerramento do Windows, mas este insiste que tem de instalar as atualizações, permitindo apenas duas opções "Atualizar e Encerrar" ou "Atualizar e Reiniciar".



Passados 10 minutos, você ainda está à espera que o computador desligue. Claro que no caso do Windows 10, é possível retardar as atualizações até 35 dias, e até mesmo definir horas de atividade para evitar que o Windows o incomode com notificações para atualizar.

No entanto, se o Windows insiste em instalar as atualizações contra a sua vontade, realize os seguintes procedimentos.



1. Limpar pasta de atualizações

Em primeiro lugar, experimente excluir a pasta de arquivos temporários do Windows Update. Dessa forma, obrigará o Windows a baixar novamente as atualizações, impedindo a atualização no encerramento do Windows.

Para isso, comece por pressionar as teclas de atalho "Windows + R" e na caixa de execução %windir%\softwaredistribution\



Na pasta "SoftwareDistribuiton" apague todo o conteúdo (o Windows pode impedir que alguns arquivos sejam eliminados). É recomendável desligar a Internet, para impedir que o Windows comece a baixar novamente as atualizações antes de encerrar o PC.

2. Alterar funcionalidade do Botão Ligar / Desligar

Por norma, quando você possui o computador ligado e pressiona o botão "Power", ele entra em suspensão. No entanto, é possível alterar a função desse mesmo botão, para ordenar o encerramento imediato do PC.



Para isso, comece por pressionar as teclas de atalho Windows + R e na caixa de execução digite "powercfg.cpl" (sem aspas), ou simplesmente pressione com o botão direito do rato no ícone da Bateria > Opções de Energia.



No menu à sua esquerda, selecione a opção "Escolher o que fazem os botões ligar / desligar". No campo "Quando primo o botão para ligar / desligar", selecione a opção "Encerrar" e Guarde as alterações.



Está pronto. Agora, sempre que pressionar o botão "Power", o seu computador irá desligar de forma imediata, "saltando" as atualizações.

Como Copiar todos os Arquivos do PC (Imagem do sistema)

Por Jorge Sampaio → quarta-feira, novembro 22
O Windows possui uma ferramenta de backup muito interessante, que permite criar uma cópia completa de todos os arquivos contidos no seu computador (Windows + arquivos pessoais).

Dessa forma, possível reverter as alterações prejudiciais no computador, recuperar arquivos de forma individual (montando Imagem VHD), migrar o sistema para o novo disco (por exemplo, um disco SSD para melhorar a performance), etc.


Como Copiar todos os Arquivos do PC


Limitações do backup do Windows:


  • A instalação do Windows guarda a configuração (hardware) que é usada no seu computador. O que significa que a imagem do backup não poderá ser usada em outro PC sem comprometer a licença do Windows.

  • A Imagem do sistema irá criar um arquivo enorme, sendo necessário um suporte de armazenamento “compatível” com essa exigência (por exemplo um disco externo).




Digite na barra de pesquisa “Histórico de ficheiros" (ou arquivos). Em alternativa, poderá aceder ao "Painel de Controlo" do Windows e escolher a opção "Histórico de Ficheiros".

histórico de ficheiros


Na janela que surge, clique no link "Cópia de Segurança da Imagem do Sistema".

cópia de segurança do Windows


Em seguida, selecione a opção "Criar uma imagem do sistema".

criar imagem de sistema


Na janela seguinte, será necessário escolher o suporte onde irá guardar o backup, que poderá ser um disco rígido (no formato NTFS), em um ou mais DVDs ou ainda em Rede.

Para terminar, selecione as partições que pretende incluir (caso se aplique) e clique no botão "Iniciar a criação da cópia".

iniciar copia de segurança


Acronis True image



O Acronis True image é um programa poderoso que lhe permite criar um backup completo do seu computador. O programa possui uma interface muito intuitiva, facilitando todo o processo de backup.

O Acronis True Image permite copiar todos os arquivos do PC para outro disco rígido, DVD ou hospedar o arquivo de backup em nuvem (Acronis Cloud). Se optar por hospedar em nuvem, fica protegido mesmo que o seu computador avariar, excluir arquivos acidentalmente, ou sofrer um ataque de Malware.

Vantagens do Acronis True Image

  • Hospeda os arquivos em nuvem;
  • Permite agendar backups;
  • Permite clonar discos;
  • Pode testar os seus arquivos em um backup da sua conta Facebook;
  • Permite clonar um sistema mesmo em computadores diferentes (Universal Restore);
  • Permite encriptar a imagem do sistema.




Pode testar o serviço gratuitamente por 30 dias, se ficar satisfeito pode adquirir o serviço obtendo uma licença vitalícia.

1. Defina a periodicidade do backup

Na janela do Acronis True Image, clique no botão "Opções" e defina a frequência dos seus backups. Se ativar as "Configurações Avançadas", poderá definir para os backups serem executados apenas quando o computador estiver "ocioso" bem como os arquivos que pretende incluir no backup (por norma, o Acronis seleciona todos os arquivos).

acronis periocidade


2. Clonar o disco / sistema



Se pretende criar uma cópia do seu sistema, basta aceder ao menu “Backup“. Selecione quais os dados que pretende adicionar. Por padrão, o Acronis True Image seleciona o "PC Inteiro". Em seguida, selecione o destino onde irá guardar o seu backup. Caso tenha adquirido a versão do programa, poderá armazenar os arquivos diretamente na nuvem "Acronis Cloud".

criar backup acronis true image


Caso o seu backup possua arquivos "sensíveis", poderá proteger o acesso aos arquivos com senha. Para isso, basta pressionar o botão "Opções" > Avançado > Proteção do Backup.

adicionar senha no backup acronis true image


3. Criar um backup do Smartphone

O Acronis True Image também lhe permite criar um backup do seu Smartphone remotamente (sem fios). Para isso, basta usar o aplicativo específico que encontra nas lojas de aplicativos do dispositivo: Google Play.

4. Universal Restore

Ao contrário da ferramenta de backup do Windows, o Acronis True image restaura a imagem do Windows num computador diferente. Para isso, basta usar a funcionalidade Universal Restore presente no menu "Ferramentas".

Como exibir os ícones "Meu PC", "Reciclagem" e "Documentos"

Por Jorge Sampaio → segunda-feira, novembro 20
Por padrão, o Windows oculta os ícones o meu PC (ou Este PC), lixeira (reciclagem) e os documentos do utilizador, o que significa que se instalou recentemente o Windows 10, ou fez uma atualização profunda, os ícones não estão presentes no ambiente de trabalho.

Não obstante, é possível exibir novamente esses ícones com relativa facilidade. Para isso, comece por clicar com o botão direito do rato numa zona livre do Ambiente de Trabalho e selecione a opção Personalizar.

Como exibir os ícones Meu PC Reciclagem e Documentos


No menu à sua esquerda, escolha a opção Temas. Na janela que surge, clique no link "Definições do ícone do ambiente de trabalho".



Agora, basta ativar a caixa de seleção dos ícones que pretende exibir no seu ambiente de trabalho.



Alterar os ícones

O Windows também permite alterar os ícones padrão, usando uma imagem à sua escolha. Para isso, basta clicar no botão "Alterar ícone" e escolher o elemento pretendido da lista de opções. Em alternativa, poderá clicar no botão "Procurar" para escolher um ícone armazenado no seu PC.

Caso pretenda converter uma imagem para ícone, poderá usar o editor de imagens gratuito Gimp, ou o serviço online IcoConvert. Quando a conversão estiver concluída, basta selecionar o novo ícone e clicar no botão "OK". Caso não fique satisfeito, basta clicar no botão "Restaurar Predefinição".