Posts Recentes

Como desativar som de um site no navegador (Chrome, Firefox, Edge)

Por Jorge Sampaio → sábado, maio 20
Neste tutorial, iremos explicar como desativar o som de um site específico no seu navegador, sem cortar o som do seu computador. Esta funcionalidade é particularmente útil em jogos do Facebook, sites de encontros, etc.


Este recurso é nativo, evitando o recurso a plugins "extras". Dessa forma, evita ser incomodado com notificações sonoras constantes, por exemplo enquanto joga no Facebook ou usa sites de encontros.

Google Chrome

No Google Chrome é muito simples bloquear o som de um site bastando para isso clicar com o botão direito do rato no reparador do site que pretende bloquear e selecionar "Desativar som deste separador".



O separador irá então apresentar um pequeno ícone de "mute". Para reverter, basta clicar com o botão direito do rato novamente e selecionar "Reativar som do separador", ou simplesmente abrir o site num novo separador.


Mozilla Firefox


O Mozilla Firefox possui um procedimento bastante semelhante ao Chrome, bastando para isso pressionar com o botão direito do rato e selecionar "Desativar som do separador". Para reverter, basta clicar com o botão direito do rato e selecionar "Ativar som do separador".


Microsoft Edge
 
O navegador Microsoft Edge ainda não inclui uma funcionalidade nativa para desativar o som dos separadores específicos. Este navegador ainda é recente, sendo expectável que a mesma seja adicionada futuramente.

Como criar usuário administrador pelo CMD (Linha de comandos)

Por Jorge Sampaio → quinta-feira, maio 18
Neste tutorial, iremos explicar como criar um perfil de usuário (com privilégios administrativos) pelo cmd (linha de comandos). Se necessário, poderá usar este tutorial para criar uma conta, mesmo quando não é possível iniciar o Windows através do seu perfil.

Para isso, será necessário criar um suporte de instalação do Windows e arrancar através desse mesmo suporte. Caso tenha dúvidas poderá consultar o nosso tutorial: Criar suporte de instalação DVD ou USB.

Como criar usuário administrador pelo cmd



Vamos começar pela criação de um usuário administrador pelo cmd, com a sessão do Windows iniciada. Para isso, comece por pressionar as teclas de atalho CTRL+SHIFT+ESC para iniciar o gestor de tarefas.

Em seguida, aceda ao separador "Ficheiro" (ou Arquivo) - Nova Tarefa. Digite "cmd.exe" (sem aspas), e marque a caixa de seleção "Executar como privilégios administrativos". Agora digite os seguintes comandos:

Net user nomedaconta /add


Não se esqueça de alterar "nomedaconta" para o nome que efectivamente pretende usar. Para terminar, será necessário atribuir os privilégios de administrador. Para isso, digite na linha de comandos:

net localgroup Administradores nomedaconta /add




Caso surja uma mensagem indicando que o grupo local não existe, poderá digitar "net localgroup" (sem aspas) para listar todos os grupos disponíveis, e assim verificar qual o nome atribuído aos "Administradores".

Criar usuário pelo CMD (sem logar no Windows)



Em primeiro lugar, será necessário alterar a ordem de arranque do seu computador, ou seja, indicar qual o dispositivo que deverá ser carregado em primeiro lugar, contendo os arquivos do Windows, neste caso o DVD ou o dispositivo USB (conforme o suporte que criou).

Para isso, será necessário pressionar a tecla de atalho exibida na primeira tela de arranque para entrar na configuração da BIOS ou UEFI (normalmente F2, ESC ou Delete).

Altere a ordem de arranque (Boot Order) e salve as alterações. O computador irá iniciar novamente surgindo uma janela de arranque diferente. Comece por selecionar o idioma (à partida, já estará selecionado o Português). Na janela seguinte, clique na opção "Reparar este PC" e aguarde enquanto o Windows inicia a recuperação.

Agora selecione a opção "Resolução de problemas" - "Linha de comandos - Prompt de comando".



Agora digite os comandos referidos no ponto anterior. Caso tenha dúvidas, poderá enviar o seu comentário.

Como evitar o ransonware (Dicas e Ferramentas)

Por Jorge Sampaio → segunda-feira, maio 15
Por estes dias, as agencias noticiosas fazem a cobertura do ataque informático massivo de ransonware, que infetou cerca de 200 mil computadores. Os dados dos utilizadores foram encriptados, sendo exigido um "resgate" de 300 euros para libertar os arquivos.

Este ataque conseguiu afetar de forma significativa grandes instituições (bancos, empresas de telecomunicações, etc.), chegando a paralisar 16 hospitais no Reino Unidos. Mas afinal o que é o ransonware? Porque razão é tão perigoso? É possível me proteger desta ameaça?


Como evitar o ransonware Dicas e Ferramentas


O que é ransonware?

O ransonware é um tipo de Malware que tenta extorquir dinheiro aos usuários, encriptando os arquivos contidos no computador e exigindo várias centenas de euros para os libertar. Os pagamentos exigidos são feitos na moeda virtual BitCoin, que impede o "rastreamento" do dinheiro.

Existem diversas variantes de ransonware, sendo o CryptoLocker, CryptoWall e o TeslaWall os mais conhecidos. O ransonware tenta "assustar" o usuário colocando um limite de tempo para pagar, bem como avisos que o valor a aumentar pode aumentar caso se demore a pagar.

Este tipo de Malware mostra que as ameaças atuais já não são criadas para lançar um caos temporário, mas sim para gerar dinheiro de forma ilícita.

Como me posso proteger de ransonware?


Uma das melhores formas de se proteger, é manter o seu sistema operativo atualizado, e um possuir um antivírus (igualmente atualizado). O CryptoLocker chegava através de anexos em email, o que reforça a ideia que é importante estar atento às mensagens de remetentes que desconhece e verificar todos com o antivírus antes de os abrir.

Este tipo de malware reforça a ideia que é importante possuir um backup dos seus dados. Para isso, poderá usar um programa específico, para criar backups automaticamente. A nossa recomendação vai para o AOMEI Backupper.

Muitas empresas de segurança disponibilizam ferramentas gratuitas para remover e desencriptar os seus arquivos. Aqui ficam alguns links úteis:




Como consultar o histórico de vídeos assistidos no Facebook

Por Jorge Sampaio → quarta-feira, maio 10
Já alguma vez lhe aconteceu assistir a um vídeo engraçado no Facebook, e quando foi pesquisar mais tarde, não o conseguiu encontrar? Você tenta procurar no histórico do navegador, no entanto, a única entrada que lhe irá aparecer é do próprio Facebook. Sendo assim, qual é a solução?

Como consultar o histórico de vídeos visualizados no Facebook


A solução passa por usar o registro de atividades do Facebook. Para isso, comece por aceder ao Facebook e toque no botão de opções que surge no canto superior direito e escolha o registro de atividades. Em alternativa, poderá aceder ao registro de atividades através da página inicial do seu perfil. No menu que surge à sua esquerda, selecione “Mais” - "Vídeos Assistidos".

Como consultar o histórico de vídeos visualizados no Facebook


Repare que na parte superior da janela do Facebook surge a opção "Limpar histórico de vídeos Assistidos", lembrando que só você poderá visualizar esse mesmo histórico.

No Smartphone (celular)

Comece por abrir o aplicativo Facebook e toque no botão de opções. Carregue o seu perfil e selecione "Registro de actividades".

Registro de actividades


Toque no link "Filtrar" e em seguida na opção "Vídeos Assistidos".



vídeos assistidos no Facebook


Sabia que: Também é possível baixar os vídeos do Facebook sem recorrer a programas específicos? Para mais detalhes, consulte o seguinte tutorial: Como baixar vídeos do Facebook.

Como corrigir erro Bad_System_Config_Info (Windows 10)

Por Jorge Sampaio → terça-feira, maio 9
Neste tutorial iremos explicar como corrigir o erro Bad_System_Config_Info, que surge durante o arranque do Windows. Este erro gera uma “tela azul”, levando ao reiniciar do computador, sem apresentar uma solução válida.

bad_system_config_info


Porque razão isto acontece?

Este erro surge quando os arquivos de arranque do Windows estão corrompidos ou danificados. Para corrigir, poderá reconstruir os arquivos BCD, ou usar a reposição do Windows.

Usar a reposição



Vamos começar pela reposição do Windows. Esta solução é mais simples de aplicar, evitando recorrer a códigos complicados que possam assustar os usuários menos experientes.

Em primeiro lugar, será necessário criar uma mídia de recuperação do Windows (DVD ou pendrive USB). Para isso, poderá pedir a um amigo ou usar outro computador que possua em casa.

Aceda à seguinte página para baixar a ferramenta de criação da mídia do Windows (ou consulte o nosso tutorial: Como criar mídia de instalação do Windows 10).

criar suporte de instalação do Windows


Agora, será necessário colocar o dispositivo de recuperação a arrancar em primeiro lugar. Para isso, basta pressionar a tecla de atalho que surge na primeira tela (durante o arranque). As teclas mais comuns são a F2 e DEL.

Altere a ordem do boot colocando o DVD ou o dispositivo USB em primeiro lugar. Salve as alterações, o computador será reiniciado.

alterar ordem de arranque


Surgirá uma tela de arranque do Windows, na qual será necessário definir idioma. Agora, selecione a opção “Resolução de problemas“.



Na janela seguinte, selecione "Repor este PC" - "Manter os meus ficheiros". Clique no seu perfil e digite a respectiva senha. O Windows irá dar início à reposição do computador.

E se eu não possuir a senha de login? Por vezes, temos de arranjar computadores de amigos ou familiares, os quais não possuímos a senha de login. Nesses casos, poderá criar um usuário administrador através do Cmd.exe (linha de comandos) e iniciar a reposição (tutorial para breve).

Perfil Temporário no Windows 10 - Como resolver?

Por Jorge Sampaio → domingo, maio 7
Sempre que tenta iniciar sessão no Windows, obtém uma mensagem erro indicando que "Iniciou sessão com um perfil temporário" e que "Não pode aceder aos seus ficheiros, e que os fichs. criados nesse perfil serão eliminados"? Não se preocupe, o problema é bastante simples de resolver.


Este erro significa que as configurações do seu perfil estão corrompidas, e que o Windows criou um perfil "temporário" para permitir iniciar e corrigir o problema. Isso pode acontecer por diversos factores, desde uma atualização do Windows mal implementada, um encerramento impróprio do PC, ou até mesmo "Malware".

Existem duas formas simples de resolver o problema: usando o editor de registo (ou registo), ou através do restauro do sistema. A primeira solução é mais rápida, mas mais "desconfortável" para usuários iniciantes, a segunda (com o restauro do sistema) é mais lenta mas igualmente eficaz.

Perfil Temporário no Windows 10


1. Editar o Registo (registro) do Windows



Com a sessão iniciada no perfil temporário, pressione as teclas de atalho Windows () + R para iniciar a janela "Executar". Digite regedit para abrir o editor de registo (ou registro). Navegue até à seguinte chave:


HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Microsoft\Windows NT\CurrentVersion\ProfileList.


Expanda a chave ProfileList para visualizar várias entradas. Procure a chave "S-1-5" (chave SID) seguido por um número longo. Ao clicar nessa chaves poderá visualizar o perfil associado olhando para o nome contido em "ProfileImagePath".

registro do windows perfil temporário


Uma dessas chaves irá terminar em ".bak", sendo esse o arquivo de backup do seu perfil. Agora, realize o seguinte procedimento (com atenção).

Você encontrará duas chaves com o mesmo número, por exemplo:

S-1-5-21-1590167473-4267824186-2435678551-1008
S-1-5-21-1590167473-4267824186-2435678551-1008.bak


Execute a seguinte alteração:

Apague a chave: S-1-5-21-1590167473-4267824186-2435678551-1008 (verifique se o campo "ProfileImagePath" contem a palavra "Temp"). Agora com o botão direito do rato faça "Mudar o nome" na segunda chave e remova o ".bak". Está pronto, da próxima vez que iniciar o Windows, o problema estará resolvido.

2. Restauro de sistema



Na janela de login do Windows, mantenha a tecla SHIFT pressionada, clique no botão de "Power" que encontra no canto inferior da tela e selecione "reiniciar".

reiniciar em recuperação


O seu Windows irá apresentar as ferramentas de recuperação do sistema. Vamos começar por aceder à "Restauração do sistema". Selecione um Restauro de Sistema para reverter o seu computador para uma data em que tudo funcionava corretamente.

O Windows irá então iniciar o processo de recuperação.

O Restauro de sistema não funciona, e agora? Existe a possibilidade do "Restauro de Sistema" não se encontrar ativa, sendo assim, poderá optar pela "Reposição do sistema", que basicamente "reinstala" o Windows mantendo todos os seus arquivos.

Windows 10 não inicia - Como resolver?

Por Jorge Sampaio → sexta-feira, maio 5
O seu Windows 10 não inicia? Saiba como resolver o problema de uma maneira simples e intuitiva. Existem vários fatores que podem fazer com que o seu Windows deixe de arrancar, como uma falha de um driver, uma atualização corrompida, Malware, etc.

Não obstante, o Windows 10 permite reverter essa situação, sem perder os seus arquivos pessoais ou programas. Você pode ainda experimentar usar o "Restauro de sistema do Windows 10" para tentar entrar com a última configuração "válida".



Para isso, comece por baixar o aplicativo "Media Tool" disponibilizado pela própria Microsoft para criar uma unidade de instalação do Windows 10 (poderá usar outro computador). Selecione a opção "Criar suporte de dados de instalação para outro computador".

Selecione o sistema operativo que deverá conter, bem como a arquitetura (32 ou 64 bits). Caso não saiba qual arquitetura usada pelo PC, poderá optar por selecionar "Ambas" e deixar o Windows escolher a melhor durante a instalação.

windows 10 ambas as versões


Agora, poderá dar inicio à transferência e gravação do sistema no DVD ou pendrive (USB). Enquanto isso, poderá continuar a trabalhar no seu computador.

Após concluir a criação do suporte, será necessário reiniciar o computador e iniciar o Windows usando o suporte que acabou de criar (DVD ou USB). Para isso, será necessário entrar no Setup da BIOS (pressionando F2 no primeira tela de arranque) e alterar a ordem de arranque colocando o suporte que criou (DVD ou USB) em primeiro lugar.



Salve as alterações, o computador irá iniciar novamente. Surgirá uma janela de arranque do Windows. Comece por selecionar o idioma (à partida, já estará selecionado o Português). Na janela seguinte clique na a opção "Reparar este PC" e aguarde enquanto o Windows inicia a recuperação.

Agora poderá usar uma das muitas opções de recuperação do próprio Windows, incluindo a Linha de comandos, o Restauro de Sistema, a "Reposição do Windows", etc.



Caso já tenha tentado o "Restauro de Sistema", sugerimos a reposição do sistema usando a opção "Repor este PC". Agora basta seguir as direções indicadas pelo próprio Windows 10. Não consegue iniciar a reposição?

Poderá estar a enfrentar um Windows mais "grave". Envie a mensagem que está a receber com o respetivo código através de comentário para obter mais indicações. Ficou com dúvidas, envie o seu comentário.